Cliente ideal

No post Meu site não vende. Porque?, eu falei um pouco sobre os motivos de alguns sites não venderem. E um desses motivos foi o não conhecimento do público alvo, pelo empresário.

Neste post vou falar dos tipos de clientes, para que você saiba se situar em um desses nichos.

Você deve estar se dizendo: Como assim, tipo de cliente eu devo escolher? Qualquer um que compre de mim é o meu cliente ideal.

Não é bem assim.

Vamos conhecer esses tipos de clientes.

 

  • Aquele que precisa e está procurando o seu produto ou serviço.

Cliente perfeito

 É aquele que está motivado a comprar o seu serviço ou produto, e pelo qual você terá que disputar com os seus concorrentes na linha de preço e talvez em serviço.

É aquele cliente que quer comprar uma tv, por exemplo. Ele vai comprar daquele que lhe apresentar uma oferta, que nem precisa ser muito boa.

O problema é que esse tipo de cliente se encontra em um nicho de concorrência muito grande. Eu diria que a maioria dos empresários vendem para esse tipo de cliente. Mas se você está vendendo para esse tipo de cliente, e as vendas atendem as suas necessidades, talvez você nem precise se preocupar com os outros tipos de cliente que vou lhe mostrar.

 

  • Aquele que precisa, mas fica procrastinando.

Cliente em dúvida

Esse é o caso do típico brasileiro e sua cultura de deixar tudo para última hora.

É a pessoa que precisa fazer a declaração do imposto de renda, por exemplo, mas vai deixando o tempo passar, e não procura por um profissional, para fazer a sua declaração.

Com esse tipo de cliente, você terá que usar mais energia, mais técnica, e encontrará a barreira de entrada, que é a procrastinação.

No entanto, em relação ao primeiro tipo, com certeza, a concorrência será bem menor, numa proporção de pelo menos 20/1.

Aqui você briga menos por preço, e mais por convencimento, podendo aumentar um pouco mais os seus lucros.

 

  • Aquele que precisa do seu produto/serviço, e não sabe.

Cliente não conhece o seu produto

Com esse tipo de cliente, você terá que usar muito mais energia e técnica, que com os anteriores, porque você terá que convencê-lo primeiramente, que ele precisa do seu produto/serviço, para depois partir para a fase de oferta, convencimento e fechamento.

É o cliente que talvez seja como você, que precisa de um profissional de Marketing Digital, e não sabe.

A boa notícia é, que a concorrência é muito menor que com os tipos anteriores, e a oferta é bem maior, porque são poucos os que se arriscam a vender para esse público. Eu diria, que a proporção de clientes chega próximo a 50/1, em relação ao primeiro tipo.

 

  • Não querem o seu produto/serviço de jeito nenhum.

Cliente não quer o seu produto

Esse é o tipo de cliente que eu te aconselho a se manter longe, porque com certeza você perderá muito tempo, energia e dinheiro.

Ele pode não querer seu produto/serviço, por questão de família, religião etc.

Por exemplo, se você vende planos de saúde, e ele tem um parente que venda, pode ter certeza, que ele não comprará de você, por questão de lealdade à família (se ele não gostar do parente, nesse caso você tem grandes chances…rsr).

Dá para vender para esse tipo de cliente? Dá. Mas gastar energia, tempo e dinheiro com esse tipo, só se o retorno for muito bom, mesmo.

Esses são os tipos de clientes que eu queria falar um pouco com vocês, e espero ter lhes ajudado a ter uma ideia de qual tipo de cliente você quer atender.

 

Um abraço a todos, e sucesso nos negócios.

Marketing Digital

 


Admilson Cardoso

Profissional formado em Publicidade e Propaganda, com pós em Marketing, com mais de 10 anos de experiência em mídia exterior. Consultor em Marketing Digital, ajudando a sua empresa a melhorar a sua presença online.

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *